Miguel Alcade Bridal Atelier | As joias atemporais de Maria Antonieta
12088
post-template-default,single,single-post,postid-12088,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

As joias atemporais de Maria Antonieta

As joias atemporais de Maria Antonieta

No próximo dia 12 de novembro, em Genebra, a Sotheby’s promoverá um leilão que vai abalar o mundo da alta joalheria. A casa oferecerá as joias que pertenceram a Maria Antonieta. Para grande parte de nós, simples mortais, as joias são inacessíveis, mas vale a pena ficar de olho e aproveitar a oportunidade para conferir o esplendor das peças, de um valor artístico incrível, além do peso histórico.

Essa é uma das mais importantes coleções de joias reais que já apareceram no mercado e a coleção não era vista em público há 200 anos. Agora, antes de serem leiloadas, estão sendo exibidas em uma turnê por alguns países. As joias contam a história do luxo e do glamour que marcaram o reinado de Luís XVI, o marido de Maria Antonieta, que acabou sendo guilhotinado pela Revolução Francesa nove meses antes de sua mulher.

Em 1791, enquanto preparava a fuga de sua família da França, Maria Antonieta separou suas joias e as enviou para Bruxelas, que estava sob o domínio de sua irmã, a arquiduquesa Marie-Christine. Depois de chegar à cidade belga, o acervo foi então enviada a Viena para o sobrinho de Maria Antonieta, o imperador da Áustria.

As joias em sua coleção incluem um pingente de diamantes e um colar de pérolas naturais, estimado em US $ 1 milhão a US $ 2 milhões; um colar de pérolas contendo 331 pérolas naturais, com uma estimativa de pré-venda de US $ 200 a US $ 300 mil; e um par de brincos de pérolas naturais, avaliados entre US $ 30 a US $ 50 mil.

Também irá a leilão uma tiara de diamantes com um design foliate pergaminho, dado pelo imperador Franz Joseph à sua sobrinha, a Archduchess Maria Anna da Áustria, em seu casamento com Elias de Bourbon, duque de Parma, em 1902. A peça, estimada entre US $ 80 a US $ 120 mil, foi criada pelo joalheiro vienense Köchert.

Reparem que as joias têm mais de duzentos anos estão super atuais. Podem ser usadas nos dais de hoje sem nenhum problema. Quando digo a vocês que um bom design jamais sai de moda é porque é a mais pura verdade. Essa coleção é uma boa fonte de inspiração para vocês rechearem o porta-joias com boas peças, de materiais nobres como os diamantes, as pérolas e as safiras. E claro, como são rainhas, uma boa tiara não pode faltar!

Beijo, beijo!

Miguel

No Comments

Leave a Comment