Miguel Alcade | Tiara da realeza
992
post-template-default,single,single-post,postid-992,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Tiara da realeza

Tiara da realeza

Seja sincera: se você fosse milionária, poderosa e tivesse acesso irrestrito às joias mais incríveis do planeta. Que estilo de tiara escolheria para usar no dia do seu casamento? Um modelo exuberante com quilates enormes e faiscantes por todo lado? Ou uma peça refinada e preciosa, formada por pequenos arabescos de brilhantes?

Se você respondeu a segunda opção, tem algo em comum com a realeza. Em ocasiões nobres e especiais, princesas e rainhas optaram por um modelo mais delicado. Estamos falando da tiara que Kate Middleton usou no seu casamento, chamada de Halo ou Scroll. É claro que não se pode chamar de simples uma peça que tem 149 diamantes em lapidação baguete e 739 em lapidação brilhante, montados em platina pela Maison Cartier em 1936. Mas comparadas às outras joias da família real, a peça é até bem singela.

realeza

A joia foi emprestada pela rainha Elizabeth e tem uma longa e significativa história na família real Inglesa. A tiara foi encomendada pelo então Duque de York para oferecer à sua esposa em 1936. Pouco depois se tornaram os reis Jorge VI e Elizabeth e ofereceram a tiara à sua filha, a atual rainha Elizabeth, no seu 18º aniversário. Antes de Kate, a preciosidade também foi emprestada pela rainha à princesa Margaret, em 1954, e à Princesa Anne, em 1972.

A tiara usada por qualquer noiva que se casa com um príncipe da família real britânica é um elemento carregado de significados. Ela revela a importância da noiva e como é ou será sua relação com a rainha. Quando uma tiara nova é oferecida no lugar de uma das 80 da coleção de joias reais, usadas por mulheres importantes da família da rainha Elizabeth 2ª, significa que foi oferecida à futura esposa do príncipe uma tiara sem valor nenhum.

kate

Nesse caso, a joia oferecida a Kate foi um presente da rainha mãe à Elizabeth. O gesto refletiu reverência à duquesa de Cambrigde e a aprovação da família real. Para se ter ideia, para a princesa Diana à rainha ofereceu uma tiara nunca usada antes, portanto sem valor algum. A joia foi rejeitada por Lady Di, que apareceu no dia de seu casamento com o príncipe Charles em 1981 usando a tiara “Spencer”, que pertencia à família de seu pai e tem um design magnífico.

Quando escolher a sua tiara, pense que ela poderá ser o começo de uma longa tradição na sua família. Quem sabe um dia suas princesinhas não a levem de volta ao altar? Sempre é tempo de sonhar, minhas Rainhas!

Beijo, beijo!

Miguel Alcade

Sem Comentários

Deixar um comentário