Miguel Alcade | Fascínio do ouro
1224
post-template-default,single,single-post,postid-1224,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Fascínio do ouro

Fascínio do ouro

Já reparou que quando a gente de depara com uma peça de ouro, os nossos olhos são atraídos e a gente não consegue desviar a atenção? Desde que o nobre metal foi descoberto há séculos atrás, a humanidade nunca conseguiu resistir ao seu fascínio. Eu confesso que já me entreguei faz tempo!!! rsrsrs.

É sobre essa atração que o ouro exerce sobre todos nós que se trata a maravilhosa exposição que está em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro. A H.Stern e o CCBB se uniram para apresentar trabalhos incríveis de artistas brasileiros.

A mostra explora a relação do metal – um dos personagens principais da historia do país – com a criatividade e o design brasileiro. São instalações, objetos, esculturas, desenhos, fotografias, pinturas e claro, joias, concebidas por 30 artistas de diferentes gerações e especialidades, como Irmãos Campana, Laura Vinci, Cildo Meireles, Oscar Niemeyer, Roberto Burle Marx e Tatiana Blass.

O detalhe que achei muito bacana nessa exposição é o fato do visitante percorrer todo o trajeto da mostra conduzido por um fio de ouro até ser recebido por um ourives, que o convida a experimentar as técnicas de produção de joias. A exposição fica em cartaz até o dia 05 de janeiro de 2015. Programe-se!

Beijo, beijo!

Miguel Alcade

2

4

5

10

Exposição: Ouro – Um fio que costura a arte do Brasil

Centro Cultural Banco do Brasil – Rio de Janeiro

Encerramento: 05 de janeiro de 2015

Horário de funcionamento: quarta a segunda, 9h às 21h

Entrada gratuita

Rua Primeiro de Março, 66 – Centro – RJ

 

 

Sem Comentários

Deixar um comentário