Miguel Alcade Bridal Atelier | Por que prata e ouro escurecem?
8484
post-template-default,single,single-post,postid-8484,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Por que prata e ouro escurecem?

Por que prata e ouro escurecem?

Hoje gostaria de comentar com vocês uma das curiosidades que eventualmente todo apaixonado por joias apresenta em algum momento da vida – por que a prata e o ouro, metais nobres utilizados na joalheria, escurecem, ao longo do tempo? Antes de qualquer coisa é preciso deixar bem claro que essa questão não tem nada a ver com a qualidade da peça. Por mais nobres que sejam, tanto o ouro como a prata não escapam do fato de que, com mais ou menos velocidade, todo metal sofre o processo de oxidação.

O que torna prata e ouro muito mais especiais que outros elementos é que esse processo de oxidação é mais lento neles do que em outros metais. No entanto, a reação das moléculas do metal com o oxigênio pode ser acelerada em caso de contato com a luz e agentes químicos. Vale ressaltar que esses agentes químicos podem estar justamente em nosso corpo e, por conta disso, ao usar as joias, a oxidação é impulsionada.

O ácido úrico, ou melhor dizendo, o suor, é um desses agentes químicos que fazem a joia escurecer. Naturalmente, quem apresenta uma tendência maior a produzir esses agentes, pode fazer a joia escurecer mais rápido.

Então o que fazer para reverter essa situação? Procure limpar suas joias, com certa frequência, para evitar esse processo de oxidação. Água e sabão neutro são boas opções, mas seque as joias para que elas não acumulem umidade. Não guarde joias umas sobre as outras. O ideal é embrulhá-las em papel de seda, veludo ou camurça. Quando for lavar as mãos, tire os anéis antes. O sabão pode ficar nos cantos das peças, prejudicando o brilho do metal e das pedras. Caso a peça escureça eventualmente, traga-a para uma limpeza aqui no ateliê. Espero vocês!

Beijo, beijo,

Miguel Alcade

Tags:

Sem Comentários

Deixar um comentário