Miguel Alcade Bridal Atelier | O incrível porta-joias de Elizabeth
9139
post-template-default,single,single-post,postid-9139,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

O incrível porta-joias de Elizabeth

O incrível porta-joias de Elizabeth

O incrível porta-joias de Elizabeth

Não sei se vocês sabem, mas a rainha Elizabeth é dona do porta-joias mais incrível do mundo. Não estou me referindo às Joias da Coroa inglesa, um acervo de valor histórico incalculável, que pertence à Inglaterra e que só são usadas nas ocasiões mais formais. Falo aqui das joias pessoais da figura mais emblemática da aristocracia britânica.

A coleção vai muito além do colarzinho de pérolas que a rainha não tira do pescoço. São mais de 300 joias calculadas em cerca de 139 milhões de reais, dos quais cerca de 86 milhões correspondem só aos diamantes que adornam as joias. Tem coroas, tiaras, colares, pingentes, alianças e os broches, que fazem parte do estilo inconfundível da rainha. Evidentemente esse tesouro está super bem guardado em um antigo refúgio aéreo do palácio de Buckingham.

Grande parte dos adornos são presentes e heranças de várias gerações de rainhas. A maioria procede de sua avó Maria e sua bisavó Vitória. E como não poderia deixar de ser, muitas peças marcam as datas da trajetória de sua majestade. Entre os mimos que eu adoro, está o broche Williamson, um dos mais famosos, que ostenta um impressionante diamante rosa descoberto na Tanzânia pelo canadense JT Williamson, que deu a joia a Elizabeth como presente de casamento.

Outra peça lindíssima que impressiona é o colar de dezenas de diamantes que Kate Middleton teve a honra de usar numa noite de gala da Nacional Portrait Gallery. A peça é um presente de casamento da cidade indiana de Hyderabad. Segundo alguns historiadores, a rainha tem um apego sentimental muito forte em relação as suas joias e tem, como toda mulher, as suas prediletas. No caso de Elizabeth são 30 peças queridinhas. Entre suas favoritas está seu anel de compromisso desenhado pelo duque de Edimburgo e o broche Kensington em forma de laço.

Como se trata de uma propriedade pessoal, a rainha tem liberdade para dar ou presentear as peças a quem quiser. Para o casamento de Kate com o príncipe William, a soberana emprestou a tiara Halo, da Cartier, e um broche em forma de folha de ácer. Foram e voltaram para o cofre, só emprestadinho mesmo! rsrsrs… Agora, a pergunta que não quer calar é: quem herdará os tesouros fabulosos de Elizabeth? Façam suas apostas!

Beijo, beijo!

 

Tags:

Sem Comentários

Deixar um comentário