Miguel Alcade Bridal Atelier | Saiba mais sobre joias folheadas
1113
post-template-default,single,single-post,postid-1113,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Saiba mais sobre joias folheadas

Saiba mais sobre joias folheadas

Já falamos sobre o ouro, agora é a vez de dar mais informações sobre as peças folheadas da Coleção Realeza. Para começar, é preciso entender que a joias folheadas da minha grife são feitas com o mesmo rigor e padrão de qualidade das joias de ouro. Cada peça é feita com base em muitas pesquisas de referência até o desenvolvimento do design. Após a criação, um mestre artesão desenvolve o modelo da joia de maneira artesanal, num processo delicado que exige muita habilidade e experiência.

artesão

A partir daí o que diferencia a joia de ouro da folheada é o metal utilizado na confecção da peça. Nas joias folheadas, como alternativa ao ouro 18K, é utilizado um metal menos raro, mas de ótima qualidade, na base da peça. A técnica é uma maneira moderna de atender as mulheres que desejam possuir joias de luxo com um custo-benefício mais acessível. Depois de fundida, são cravadas as gemas na peça, manualmente, uma a uma, como acontece com as joias de ouro. Na Coleção Realeza foram utilizados cristais corados híbridos, que garantem um brilho impactante, capaz de iluminar a beleza de cada mulher.

Só então a joia recebe uma dupla camada de ouro 18K, que garante sua beleza e durabilidade. Sou rigoroso com esse processo, pois é justamente aí que está o diferencial das minhas peças. Elas são feitas para brilhar e, por muito tempo! É claro que a durabilidade desse brilho varia de acordo com o uso das joias e dos cuidados que ela recebe. É preciso bom senso para saber que esse se trata de uma joia e, que portanto, deve ser usada com carinho e alguns cuidados.

Veja aqui o que fazer para manter o brilho e a beleza das joias folheadas:

anel-beatriz

1) Não apóie as joias em superfícies rústicas;

2) Tome cuidado para não esbarrar as peças em paredes ou bordas de piscinas;

3) Não use joias folheadas na praia para não ter contato com areia ou material abrasivo. Na praia, a água salgada misturada à areia, provoca a corrosão da peça pelo efeito da salinidade;

4) Mantenha as peças longe de produtos químicos;

5) Cremes, loções e óleos para o corpo deixam os folheados opacos e deterioram as peças. O melhor é não usar quando estiver em contato com esses produtos ou aguardar a completa absorção pela pele antes de colocar as peças;

6) Sempre que necessário ou após contato com produtos de beleza ou químicos, procure lavar a peça utilizando sabão neutro. Deixe escorrer bastante água e depois a enxugue bem;

7) Guarde as joias separadamente para que uma não arranhe a outra.

Beijo, beijo!

Miguel Alcade

 

brinco-diana

Sem Comentários

Deixar um comentário